Home / Canais / Academia
UNESCO atribui cátedra à Universidade de Évora
Ilustração: UNESCO
Património Cultural Imaterial e Saber Fazer Tradicional
UNESCO atribui cátedra à Universidade de Évora

A UNESCO atribuiu à Universidade de Évora a Cátedra de Património Cultural Imaterial e Saber-Fazer Tradicional, dirigida por Filipe Themudo Barata.

Segundo Filipe Themudo Barata, “a Cátedra assenta numa estreita parceria entre Portugal e Cabo Verde e os resultados desse trabalho poderão ser ampliados ou transferidos para outros países, como Angola e Moçambique”. Ainda segundo este responsável, “os diferentes seminários e palestras serão realizados, preferencialmente, em regime de ensino à distância”. A Cátedra UNESCO na Universidade de Évora integra “projetos que correspondem a prioridades da UNESCO e às Metas de Desenvolvimento do Milênio”, acrescenta.

Este trabalho baseia-se numa rede de investigadores e instituições na região do Mediterrâneo e em África para apoiar a investigação, a formação, os alunos e a mobilidade dos profissionais, bem como a partilha de conhecimentos nas áreas de património tangível e intangível e do saber fazer tradicional.

Em conjunto com uma ampla rede de parceiros, será desenvolvido e implementado um programa de cooperação para apoiar, do ponto de vista científico, a criação de um centro de investigação de excelência da Universidade de Cabo Verde (UNICV).

É objetivo da Cátedra UNESCO fornecer formação pós-graduada nas áreas de património imaterial e saber-fazer tradicional, bem como oferecer ações de formação de curta duração suportadas em TIC, dirigidas não só a profissionais, mas também a grupos sociais frágeis e marginalizados.

Na Cátedra UNESCO prevê-se que se projetem e implementem atividades que visem melhorar o conhecimento de jovens investigadores e profissionais sobre o património material e imaterial, bem como no saber-fazer tradicional, visando desenvolver as competências de atores públicos e privados a nível local, nacional e regional, nas áreas em foco.

Filipe Themudo Barata foi nomeado Professor Associado de História Medieval, fez a agregação na Universidade de Évora em 2004, onde leciona várias disciplinas e seminários relacionados com História (especialmente Medieval), Património e Museologia. É membro da Comissão Científica e Pedagógica do Mestrado Erasmus Mundus TPTI - Techniques, Patrimoines, Territoires de l'Industrie, membro do Comité de Direção da Associação HERIMED (Palermo), Professor convidado na Universidade de Cabo Verde e membro associado do Centre d'Histoire des Techniques (Paris Sorbonne - Panthéon). Tem liderado várias equipas de projeto sobre história e património.

Mais informações, aqui

Equipa de investigadores da Cátedra de Património Cultural Imaterial e Saber-Fazer Tradicional:

  • Filipe Themudo Barata (coordenador)
  • João Rocha - Departamento de Arquitectura
  • Sofia Capelo - Departamento de Paisagem, Ambiente e Ordenamento
  • Fernando Branco Correia . Departamento de História
  • Cyril Isnart - Investigador Auxiliar convidado CIDEHUS
  • Cornelia Fischer - BGCT/FCT

 

Publicado em 21.03.2013