Home / Canais / Ciência
foto: cedida por Octávio Mateus
Antigo aluno da UE descobre esqueleto de fitossauro na Gronelândia

Octávio Mateus, licenciado em Biologia na Universidade de Évora e paleontólogo no Museu da Lourinhã, integra uma equipa internacional na Gronelândia onde descobriu parte de um esqueleto de fitossauro, um dinossauro predador, de cinco metros de comprimento, semelhante a um crocodilo, o primeiro descoberto na Gronelândia, e uma tartaruga fóssil. 

A descoberta do esqueleto, com mais de 200 milhões de anos, e da tartaruga é “bastante importante” porque ajuda a compreender a origem destes animais. O paleontólogo afirma que a Gronelândia é um local relativamente inexplorado em várias áreas, nomeadamente na paleontologia.

Octávio Mateus está, com a equipa, desde 10 de julho a escavar na neve, na zona de Jameson Land, um local inóspito no leste da Gronelândia, onde permanecerão até 3 de agosto.

 

Sofia Ascenso | UELINE

Publicado em 27.07.2012