22 Outubro 2014
Página inicial / Canais / Ciência
Cientistas de 17 países na UE

O "First International AOX Symposium" foi uma acção inovadora que vai iniciar uma nova série de eventos científicos. Essa iniciativa vai ficar ligada à UE por muitos anos por ter sido o primeiro sítio a acolher este simpósio.

A enzima "alternative oxidase" (AOX) tem um papel central em diversos organismos na reacção sob stresses ambientais abioticos e bioticos. Os participantes discutiram durante seis dias intensos a importância da enzima na fisiologia e as possibilidades de usar os genes de AOX para desenvolver marcadores funcionais que podem ajudar no melhoramento de plantas para encontrar e seleccionar plantas mais "robustas" contra o stress. O encontro juntou novos elementos na organização e começou com um pre-simpósio para transmitir conhecimento científico mais fundamental da área específica. Novo e bem aceite foi também a experiência de incluir uma video conferência interactiva com um investigador bem-conhecido na área científica da Austrália (www.aox2008.uevora.pt). A abertura do simpósio, na presença do Presidente de FCT e um representante da Comissão Europeia, esteve aberto ao público e aos estudantes para uma possível aproximação com a ciência. Cerca de 90 alunos de escolas secundárias tiveram a oportunidade e participaram. Na consequência do interesse dos jovens, foi iniciado um projecto multidisciplinar ligado ao assunto do simpósio em conjunto com a coordenadora do encontro, Birgit Arnholdt-Schmitt. O sucesso do "First International AOX Symposium" deve-se a uma grande equipa na UE. Para além de cientistas e organizadores da Cátedra Marie Curie, muitos outros membros da Universidade, quase invisíveis, estiveram envolvidos na preparação, tais como membros administrativos do ICAM e da Universidade, do Departamento de Informática, do servíço da documentação, da Fundação Luís de Molina, como também da Reitoria e do UELINE.
Cátedra Marie Curie / ICAM
Publicado em 28.05.2012