Home / Canais / Ciência
Sergio Bertolucci
Director de investigação científica do CERN na UE
Sinais do Bosão de Higgs?

O Director de Investigação Cientifica do CERN, Sergio Bertolucci, vem à Universidade de Évora falar sobre a física de partículas durante o ano de 2011 e o que se espera conseguir em 2012, e que terá um especial ênfase nos resultados da procura da partícula fundamental, o Bosão de Higgs. A conferência decorre a 18 de Dezembro, pelas 11h30, na sala 131 do Colégio do Espírito Santo da UE.

O Bosão de Higgs é a partícula mais importante no Modelo Padrão de Física das Partículas e Interacções Fundamentais e é essencial para explicar a massa de todas as outras partículas elementares. Durante os últimos 50 anos, a Física teórica e experimental de partículas, descoberta após descoberta, foi-se construindo e organizando dando origem a uma das mais belas e bem fundamentadas teorias da Física moderna. No entanto o Bosão de Higgs  continua até hoje por comprovar experimentalmente…

Durante a passada semana, o CERN (Centro Europeu de Investigação Nuclear) apresentou oficialmente resultados obtidos durante 2011 na procura de pistas fundamentais que provem a existência do Bosão de Higgs. O resultado mais importante estabelecido é ter-se conseguindo pela primeira vez, de forma clara e objectiva, determinar que a partícula de Higgs a existir terá necessariamente uma massa entre 115 GEV e 130 GEV, isto é, o Higgs terá uma massa que é de 115 a 130 vezes a massa do protão. As experiências ATLAS e CMS, usando métodos distintos e analisando diversos canais de decaimento, demonstraram que todas as massas fora desse intervalo estão excluídas e que existe ainda um pequeno excesso compatível com a teoria no intervalo de massa mencionado.

A palestra proferida por Sergio Bertolucci decorre no âmbito da escola e do workshop em formação avançada em Física sobre o tema “Matéria Escura e suas implicações”, uma organização da rede IDPASC (International Doctorate Network in Particle Physics, Astrophysics and Cosmology) que reúne sete Universidades Portuguesas, Espanholas, Francesas, Italianas, o CERN e a UE.

Programa completo do evento aqui.

Publicado em 15.12.2011