Home / Canais / Ciência
Investigadores da UE autores de estudo sobre internet segura nas escolas
Investigadores da UE autores de estudo sobre internet segura nas escolas

José Luís Ramos, investigador no Centro de Educação e Psicologia da UE, Rui Espadeiro e José Luís Carvalho, do Centro de Competência TIC da UE, são autores do estudo “A participação das escolas portuguesas no projecto SeguraNet - um estudo múltiplo de casos” que pretende aferir o impacto da acção do projecto SeguraNet na população escolar.

 

A história do SeguraNet começa em 2004 com o objectivo de promover a utilização esclarecida, crítica e segura da Internet, na comunidade educativa (alunos, professores, funcionários e pais e encarregados de educação), contribuindo desta forma para melhorar as práticas e resultados dos processos de ensinar e aprender, ajudando a escola no seu todo, a retirar o melhor partido das infra-estruturas tecnológicas.

O SeguraNet é no presente parte integrante de um consórcio público-privado, coordenado pela Agência para a Sociedade do Conhecimento que reúne como parceiros a Fundação para a Computação Científica Nacional, a Microsoft Portugal e a Fundação para a Divulgação das Tecnologias de Informação. O consórcio denominado “Internet Segura” foi criado em 2007, com o objectivo de generalizar a estratégia iniciada pela Direcção Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular e pela então Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet nas Escolas junto da comunidade educativa, à sociedade em geral, alargando as acções de sensibilização e promoção da utilização segura da Internet a outros sectores da sociedade e criando subsidiariamente uma linha de atendimento para denúncia de conteúdos ilegais ou lesivos dos utilizadores e, mais recentemente, a denominada Linha Ajuda para ajudar os utilizadores da Internet nas mais variadas situações. 

 

Este estudo analisa a forma como professores e alunos de escolas portuguesas de 2º e 3º ciclos conhecem e participam em actividades destinadas à promoção da utilização segura da Internet, em particular do projecto SeguraNet, identifica comportamentos de alunos portugueses no uso da Internet que possam constituir potenciais riscos para a sua segurança, bem como práticas educativas desenvolvidas nas escolas por professores e alunos, relativas à segurança na Internet.

As conclusões deste estudo serão objecto de reflexão e posteriormente tidas em consideração, no que respeita à acção futura do projeto SeguraNet, nas escolas portuguesas.

Publicado em 12.12.2011