Home / Canais / Academia
GISday
Foto: Daniel Mira
Dia Aberto do ICAAM
GISday

O evento internacional GISday foi ontem comemorado em Évora com um dia dedicado às tecnologias SIG (Sistemas de Informação Geográfica), que decorreu no Colégio Luís Verney da Universidade de Évora  e foi organizado no âmbito dos “Dias Abertos” do ICAAM.

O encontro contou com a presença de mais de 80 participantes, incluindo investigadores e docentes, alunos, representantes da administração local e da comunidade empresarial.

Foram apresentadas 11 comunicações de elevada qualidade sobre temas que focaram diversas áreas de aplicação e investigação em SIG; como nos diz Teresa Batista, da organização do evento, “Os SIG são uma área de conhecimento transversal a todas as áreas de investigação. Essencialmente nas aplicações aos ecossistemas e paisagens mediterrânicas, os SIG são poderosas ferramentas que permitem a análise interdisciplinar e holística dos fenómenos, a nível da ecologia da paisagem, da ecologia da vegetação, das geociências, agricultura, floresta e habitats”.

O primeiro bloco de apresentações focou temas relacionados com a agricultura de precisão, os incêndios florestais e o transporte e armazenamento de carbono.

No segundo bloco de apresentações da manhã, dedicado às Infraestruturas de Dados Espaciais e I&D, apresentaram-se a IDEOTALEX,  Infraestrutura de Dados Espaciais do Observatório Territorial Alentejo e Extremadura, e os trabalhos desenvolvidos nos solos e paisagem no âmbito do projeto OTALEXC, um dos projetos de referência do POCTEP, o Programa de Cooperação Transfronteiriça España-Portugal 2007-2013. Foram também apresentados alguns projetos de referência da CIMAC, Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, como o SIGREDES e Cadastro Rústico do Alentejo Central.

No que respeita aos SIG empresariais, tema do terceiro painel do dia, foram apresentados dois grandes projetos de aplicação empresarial dos SIG, como é o SIIG da APS – Administração do Porto de Sines e o SIG da EDIA. O SIIG já ganhou três prémios, 1 nacional (veja a notícia AQUI) e 2 internacionais.

Na área dos recursos naturais foram apresentadas 4 comunicações de excelência, uma na área da aplicação da deteção remota e segmentação automática ao cálculo da biomassa, duas aplicadas à modelação da vegetação e habitats e uma na área das geociências.

Teresa Batista salienta, como conclusões da jornada: “a excelência das apresentações e o fato de se apresentarem trabalhos desenvolvidos quer por investigadores do ICAAM e antigos alunos da Universidade de Évora, quer pela comunidade empresarial e administrações locais, o que enfatizou a interdisciplinaridade do encontro; a importância e transversalidade dos SIG e das tecnologias de informação geográfica no seu todo e nas mais diversas área de conhecimento científico e aplicado; e a excelente colaboração entre as entidades organizadoras CIMAC, DPAO e ICAAM, as quais já tem uma larga experiência de colaboração conjunta”. A organização deste dia pretende promover estes encontros anualmente, de modo a “fomentar a troca de experiências na área dos SIG e deteção remota e  mobilizar os alunos para a investigação nestas áreas”.

Poderá consultar o programa detalhado e o resumo das apresentações AQUI e as fotografias AQUI .

ICAAM

Publicado em 22.11.2012