Home / Canais / Academia
foto: João Barnabé
Assinatura de contratos do Sistema de Transferência de Tecnologia na Universidade de Évora

A Universidade de Évora acolheu, no dia 12 de novembro, a assinatura dos contratos de financiamento aos projetos aprovados no âmbito do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia (SRTT), numa cerimónia presidida pelo Senhor Secretário de Estado Adjunto da Economia e do Desenvolvimento Regional, Dr. António Almeida Henriques. 

Os 32 contratos celebrados beneficiam 15 entidades e correspondem a num montante total de 26,1 milhões de euros e um cofinanciamento comunitário FEDER de 18,8 milhões de euros, sendo abrangidos pelo  Eixo 1 - Competitividade, Inovação e Conhecimento do INAlentejo.

Na cerimónia, o Reitor da Universidade de Évora, Prof. Carlos Braumann, destacou a interação entre os parceiros, o papel inovador dos projetos e o facto de as suas taxas de cofinanciamento permitirem, numa altura de orçamentos apertados, avançar com os mesmos, e valorizou ainda o contributo “agregador” e “persistente” da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) no sentido de levar a bom termo todo o processo.

Para António Dieb, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, a realização desta cerimónia traduz o “compromisso entre todas as partes” e mostra à “comunidade que há meios disponíveis, vontade e boas ideias para realizar acordos da maior importância para o Alentejo”.

O Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional referiu que este foi um “ato simbólico” e o “maior de sempre para o Alentejo”, um “compromisso que mostra a confiança do governo na região”. 

O sistema de apoio a parques de ciência e tecnologia inclui sete projetos de investimento, com um investimento total de 9,1 milhões de euros e um cofinanciamento FEDER de 5,8 milhões de euros.

Para o sistema de apoio a infraestruturas científicas e tecnológicas, que visa fundamentalmente o reequipamento científico, a inovação e a transferência de tecnologia, bem como a prestação de serviços, foram aprovados 18 projetos de investimento com um investimento total de 11,9 milhões de euros e um cofinanciamento FEDER de 9,2 milhões de euros. Da Universidade de Évora estão abrangidos o Laboratório de Automação Mecânica Experimental e Computacional (do Centro de Engenharia Mecânica - UE), o Laboratório de Desenvolvimento e Caracterização Físico Química (do Centro de Química de Évora - UE), o Laboratório de Interoperabilidade (do Departamento de Informática – UE), o Laboratório de Ciências e Tecnologia da Terra, Atmosfera e Energia (do Centro de Geofísica de Évora – UE), a Unidade de Água e Biogeoquímica Ambiental (do Laboratório da Água da UE), a Unidade de Microscopia e Microanálise, (do Centro HERCULES - UE) e o Laboratório de Biotecnologia Aplicada e Tecnologias Agroambientais (do ICAAM – UE).

No âmbito dos contratos do Sistema de Apoio a Entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, que têm como objetivo um forte reforço de recursos humanos, altamente qualificados, para o fortalecimento de equipas de investigação, bem como os custos de funcionamento de algumas unidades, foram aprovados sete projetos de investimento, todos da Universidade de Évora, com um investimento total de 6,8 milhões de euros e um cofinanciamento FEDER de 5,6 milhões de euros. Os projetos abrangidos neste contrato pertencem à Cátedra Rui Nabeiro para a Biodiversidade da UE, ao Centro de Química de Évora, ao HERCULES e ao ICAAM.

A candidatura ao SRTT foi apresentada pela ADRAL, líder do Consórcio que lhe dá suporte, e que incorpora mais de 20 entidades, entre as quais a Universidade de Évora, o Instituto Politécnico de Beja, o Instituto Politécnico de Portalegre, o Instituto Politécnico de Santarém, a CEVALOR, a CEBAL, COTR, ICTVR, INRB/INIA, LNEG, LOGICA EM, Sines Tecnopolo, IDERSANT, Câmara Municipal de Beja, Câmara Municipal do Cartaxo, Câmara Municipal de Évora, Câmara Municipal de Portalegre, Câmara Municipal de Nisa, ANJE, NERE-AE, NERBE-AEBAL.

 

 

Publicado em 13.11.2012