Home / Canais / Academia
UE em ação contra cortes orçamentais para 2013 no Ensino Superior
Foto: João Barnabé
UE em ação contra cortes orçamentais para 2013 no Ensino Superior

Numa ação conjunta entre todos os Reitores das universidades que integram o CRUP, cujo objetivo é alertar o poder politico para a questão dos cortes orçamentais para 2013, o Reitor da Universidade de Évora leu, na Sala dos Atos, o comunicado comum do CRUP e apresentou a situação orçamental da instituição, destacando o seu bom desempenho face às restrições orçamentais dos últimos anos. 

No comunicado do CRUP, designado “Portugal e as Universidades”, os reitores destacaram o papel que as universidades desempenham no país, a “asfixia” a que o orçamento para 2013 as sujeita, e anunciaram ainda uma comunicação solene ao país, marcada para o próximo dia 16 de novembro, na sala dos Capelos na Universidade de Coimbra.

Paulo Figueira, presidente da Associação Académica da UE, referiu, em discurso, que os cortes orçamentais feitos às universidades desde 2006 afetam principalmente os estudantes e como tal estes não podem estar alheios à atual conjuntura.

O Prof. Carlos Braumann apresentou a situação financeira da UE e a diminuição de 11,1% prevista no orçamento para 2013, comparativamente a 2012. O reitor destacou ainda o aumento de cerca de 70% dos diplomados entre 2009 e 2012, apesar da diminuição do financiamento, e o facto de 40% do orçamento da Universidade ser proveniente de receitas próprias. O Prof. Carlos Braumann reiterou ainda, na sua apresentação, que as universidades públicas não têm condições para funcionar com o orçamento de 2013 e caso a situação não seja reposta as consequências são “incalculáveis” o que dará origem a uma situação que demorará “décadas a recuperar”.

Publicado em 09.11.2012