Home / Canais / Academia
Observatório de Turismo Sustentável do Alentejo com a chancela da OMT

O Secretário-Geral da Organização Mundial de Turismo, Zurab Pololikashvili, entregou, no passado dia 23 de janeiro, na Universidade de Évora, a Carta de Adesão do Alentejo Sustainable Tourism Observatory à Rede Internacional da Organização Mundial de Turismo de Observatórios de Turismo Sustentável.

Com sede na Universidade de Évora (UÉ), o Observatório de Turismo Sustentável do Alentejo, agora com a chancela da OMT é o primeiro em Portugal e o segundo na Europa (o primeiro foi criado na Grécia), visando monitorizar os impactes do turismo na região e permitir tomadas de decisão com base em dados científicos. A este propósito, o Secretário-Geral da Organização Mundial de Turismo, Zurab Pololikashvili, considerou a colaboração entre a OMT e a Universidade de Évora, “muito importante, ao permitir desenvolver projetos internacionais com vantagem para ambas instituições”. Zurab Pololikashvili, que escolheu Portugal para a sua primeira intervenção pública, após a recente nomeação para o cargo, considerou que o Alentejo “tem um potencial enorme e que o Observatório servirá para melhorar ainda mais a qualidade do turismo na região, estando certo que esta dinâmica irá prosseguir”.

António Ceia da Silva, Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo-Ribatejo, elogiou o trabalho desenvolvido pela Universidade de Évora e pelos Politécnicos da região, acrescentando que está em preparação por parte destes parceiros, a “elaboração de inquéritos, sondagens e estudos de opinião”. O responsável do Turismo no Alentejo, considera ser um “momento único para Portugal e principalmente para Alentejo, a única região do país que está num processo de certificação sustentável reconhecida quer pela UNESCO que pela OMT”, o que se traduz em "mais visibilidade" para a região e a “possibilidade de identificar as necessidades de turistas que vão chegar à região”, salientando ainda, que este observatório irá acompanhar também outros trabalhos da Entidade Regional Turismo no sentido de contribuir para a certificação da região enquanto destino sustentável.

O grande passo que significa a adesão à Rede Internacional da Organização Mundial de Turismo de Observatórios de Turismo Sustentável permitirá, é na opinião de Ana Costa Freitas, Reitora da UÉ, “colocar em perspetiva a realidade do Alentejo e do país nesta matéria, em termos comparativos com outras realidades, contribuindo assim para passarmos a conhecer o fenómeno de forma profunda e alargada, através de uma abordagem científica, fornecendo-nos instrumentos para definir o futuro a este nível, sempre sob a bandeira da sustentabilidade”.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho é “importantíssimos que a OMT esteja em Portugal a acompanhar e a conhecer os nossos projetos, queremos apresentar projetos inovadores para desenvolver internacionalmente e assumir essa liderança”, recordando ainda que o projeto formativo das escolas do Turismo de Portugal, denominado “Tourism Training Talent” foi recentemente distinguido na categoria "Inovação nas Políticas Públicas e Governação", na 14.ª edição dos Prémios para a Inovação no Turismo, promovidos anualmente pela Organização Mundial do Turismo.

Publicado em 24.01.2018